Paramahansa Yogananda

mestrecznovosite“Os ideais do amor por Deus e de serviço à humanidade manifestaram-se plenamente na vida de Paramahansa Yogananda (…). Embora tenha passado fora da Índia a maior parte de sua vida, seu lugar é entre os nossos grandes santos. Sua obra continua a crescer e a luzir cada vez mais, sempre com maior brilho, levando pessoas de todos os recantos para o caminho da peregrinação em busca do Espírito”.
(Excerto de homenagem feita pelo Governo da Índia ao lançar um selo comemorativo em memória de Paramahansa Yogananda).

Paramahansa Yogananda devotou sua vida a ajudar pessoas de todas as raças e credos a compreender e manifestar mais plenamente, em suas vidas, a beleza, a nobreza e a verdadeira divindade do espírito humano.

Paramahansa Yogananda, por meio de seus ensinamentos, revela a harmonia e unidade básicas do Cristianismo original ensinado por Jesus Cristo e aYoga original ensinada por Bhagavan Krishna – demonstrando que esses princípios da verdade são a base comum científica de todas as verdadeiras religiões. Suas divinas interpretações dessas escrituras são a base dos ensinamentos da Self-Realization Fellowship.

Nestes mais de cem anos transcorridos desde seu nascimento, esse bem-amado instrutor mundial alcançou reconhecimento como um dos maiores emissários, no Ocidente, da sabedoria antiga da Índia. Sua vida e seus ensinamentos continuam a ser fontes de inspiração e de luz para pessoas de todas as raças, culturas e credos.

Paramahansa Yogananda nasceu no norte da Índia, em 5 de janeiro de 1893. Após ter colado grau na Universidade de Calcutá, em 1915, professou, fazendo os votos solenes de um monge da venerável Ordem indiana dos Swamis. Dois anos mais tarde, iniciou a obra da sua vida com a fundação de uma escola da “arte de viver” – que, desde então, cresceria para transformar-se em 21 instituições educacionais por toda a Índia. Ali, ministravam-se as matérias acadêmicas tradicionais juntamente com o treinamento em ioga e educação nos ideais espirituais.

Em 1920, Sri Yogananda foi convidado para ser delegado da Índia em um Congresso Internacional de Religiosos Liberais, em Boston, Massachussets. Seu discurso no Congresso, versando sobre o tema A Ciência da Religião, foi recebido com entusiasmo. Nesse mesmo ano, fundou a Self-Realization Fellowship para difundir, por todo o mundo, seus ensinamentos de ioga, a antiga ciência e filosofia da Índia. Durante os anos subsequentes, ensinou e deu conferências ao longo da costa leste dos Estados Unidos e, em 1924, empreendeu uma viagem para proferir palestras, através do continente. No ano seguinte, estabeleceu a sede central de sua organização em Los Angeles.

Ao longo da década seguinte, Paramahansa Yogananda viajou intensamente, dando palestras e aulas, em que instruiu milhares de homens e mulheres na ciência iogue da meditação e da vida espiritual equilibrada. Ensinou a unidade subjacente às grandes religiões do mundo e métodos de meditação universalmente aplicáveis para alcançar a experiência pessoal e direta de Deus. Aos estudantes de seus ensinamentos realmente dedicados, apresentou as técnicas de Kriya Yoga, que produzem o despertar da alma e constituem uma ciência espiritual sagrada cuja origem, na Índia, remonta a milênios.

A história da vida de Sri Yogananda – Autobiografia de um Iogue – foi publicada em 1946, tendo sido ampliada por ele em 1951. Saudada como um marco da literatura espiritual, desde sua primeira edição, permanece um dos livros mais respeitados e mais lidos acerca da ioga e do pensamento oriental.

Por meio de sua vida e de seus ensinamentos, Paramahansa Yogananda contribuiu, em um trabalho de largo alcance, para promover maior consciência e melhor apreciação, no Ocidente, da sabedoria espiritual do Oriente. Em um artigo a respeito da vida e da obra de Sri Yogananda, o Dr. Quincy Howe Jr, professor de religiões comparadas e de sânscrito do Claremont College, escreveu: “Paramahansa Yogananda trouxe para o Ocidente não apenas a promessa eterna da real percepção de Deus, que a Índia nos oferece, mas, também, um método prático pelo qual os que aspiram à espiritualidade, em todos os caminhos da vida, podem perseguir essa meta com rapidez. Apreciado no Ocidente, inicialmente, apenas em nível mais elevado e abstrato, o legado espiritual da Índia está, agora, acessível como experiência prática para todos aqueles que anelam por conhecer Deus, não no além, mas aqui e agora (…) Yogananda pôs, ao alcance de todos, os métodos de contemplação mais elevados“.

Sua obra humanitária e espiritual por ele iniciada se expandiu graças à longa dedicação de Sri Daya Mata, uma de suas primeiras e mais próximas discípulas, e presidente da Self-Realization Fellowship / Yogoda Satsanga Society da Índia, desde 1955. Após a morte de Daya Mataji, em novembro de 2010, Sri Mrinalini Mata assumiu e continua presidindo a instituição, desde janeiro de 2011.

Além de publicar as conferências, obras e palestras informais de Paramahansa Yogananda, inclusive Lições que tratam da ciência da meditação, a sociedade também supervisiona templos, retiros e centros em todo o mundo, bem como as comunidades monásticas da Ordem da Self-Realization e um Círculo Mundial de Orações.